veraferro

Cartas de Amor em Tempo de Guerra 2006

Cartas de amor em tempo de guerra

52 Cartas encontradas num antiquário foram inseridas em aquarelas que contam a história de amor de Antonio e Casilde, jovens italianos que se corresponderam em 1917, 1918 e 1919. Afastados pelas circunstâncias de seu tempo, o soldado Antonio escreve à sua amada e pelas cartas tenta diminuir a dor do afastamento e a esperança de voltar para casa “per sempre”.

Entre “baci infiniti”, os enredos do amor... Romances atemporais, poéticos, ingênuos e por vezes ridículos, como são as cartas de amor. Por vários motivos me identifiquei com estes tesouros encontrados ao acaso: Razões sentimentais, a curiosidade de decifrar as histórias antigas, somadas à presença da escrita na maioria das minhas obras, tudo isso me levou a um prazer imenso da elaboração destes trabalhos.